4 soluções inovadores visando maior segurança eletrônica

Ágatha Ferreira
19 de Novembro de 2021
Tempo de Leitura: 6 minutos
Em um curto período de tempo notou-se uma transformação entre as operações comerciais em diferentes setores corporativos na economia brasileira. Para a segurança eletrônica não foi diferente.
Viu-se a reestruturação de tecnologias e novas soluções, especialmente durante a pandemia. Devido a isso, instaura-se um novo momento para o setor, já que diversos outros serviços também dependem dos recursos da Segurança Eletrônica.
O cenário é otimista e cada vez mais competitivo, logo é de grande importância estar bem informado para antecipar as tendências, demandas e desafios do mercado. A fim de construir uma plataforma sólida a partir das oportunidades oferecidas, é necessário assertividade por parte das empresas e qualidade nos serviços prestados.
Visto que a segurança eletrônica é o pilar da pirâmide tecnológica nacional, é notório a sua importância para a inovação brasileira. Abaixo vemos oportunidades promissoras para o setor de segurança eletrônica.
Cibersegurança e Segurança de Dados – A partir do momento em que há diversos dispositivos conectados à uma só rede, as chances de um ataque cibernético são maiores, devido à vulnerabilidade dos dados.
A cibersegurança vem ganhando mais espaço no cenário da segurança eletrônica justamente pela necessidade de uma proteção exclusiva dos dados, à medida que a expansão da tecnologia ganha mais espaço. No Brasil, a Lei Geral de Proteção de Dados foi a solução ofertada, impondo limites à utilização de dados sensíveis.
image
Leia a matéria completa sobre LGPD clicando aqui )

Cercas virtuais: Um dos mais novos recursos do segmento de segurança está se estabelecendo no mercado, a cerca virtual ou também conhecida como cerca de rastreamento. De funcionamento semelhante ao da cerca eletrônica, a virtual se difere pelo registro online a partir do momento que um veículo ou colaborador sai do perímetro definido.
Seu principal objetivo é demarcar um território, de maneira totalmente eletrônica, a fim de delimitar um espaço no qual veículos poderão ou não circular.
A partir desses recursos de localização, é possível estabelecer uma dinâmica logística mais ágil e precisa e até mesmo se preparar para possíveis contratempos que possam surgir pela trajetória. As cercas virtuais são ferramentas extremamente úteis e versáteis para empresas que se dedicam, por exemplo, ao setor de transporte.
image
Leia a matéria completa sobre cercas virtuais clicando aqui:
Portarias Remotas: A portaria remota é uma solução tecnológica inovadora condominial que, através de uma central de monitoramento 24h permite o controle de acesso de pessoas pelas câmeras de segurança, substituindo a presença física de um porteiro no local.
A tecnologia reduz a vulnerabilidade de porteiros e condôminos visto que uma pessoa trabalha diretamente na central de atendimento, contribuindo assim para automatizar a segurança de todos. Além de atuar nas reduções dos custos das taxas condominiais, economizar tempo e dinheiro em treinamentos de porteiros e vigilantes.
A Associação Brasileira de Empresas de Segurança Eletrônica (ABESE), realizou uma pesquisa com prestadores de serviços do setor em todo o país e identificou que o segmento de portaria remota foi bastante requisitado durante o período do ápice da pandemia do Covid-19. Aproximadamente 20% dos entrevistados responderam que houve sim um aumento na procura por essa solução. image Integração: O conceito da integração pode-se afirmar ser o mais importante dentro do pilar da segurança eletrônica. Ele é o maior desafio para o setor, deslocar-se do isolamento de soluções únicas para agregar outras diferentes tecnologias.
Ao contrário da competitividade, o conceito de integração oferece a união entre diversas empresas a fim de colaborar em projetos mais complexos e, consequentemente, obtendo melhores resultados e amadurecimento digital. O principal objetivo é a fidelização dos clientes a partir da integração entre setores. A integração é a resposta para elevar soluções tecnológicas de videomonitoramento a outros patamares. image Sendo assim, as quatro soluções apresentadas além de visar maior presença da segurança eletrônica em 2021, também tem como objetivo revelar soluções tecnológicas já existentes no mercado e que são fundamentais para gerar um ecossistema propício ao desenvolvimento da segurança eletrônica. Cibersegurança, portarias remotas, cercas virtuais e sistemas de integração são tecnologias promissoras para o futuro da segurança eletrônica.
O potencial do segmento é inesgotável e deve ser explorado a fim de atingir inovações tecnológicas em todo o país.