Leilão 5G

Ágatha Ferreira
5 de Novembro de 2021
Tempo de Leitura: 3 minutos
Ontem, 4 de novembro, deu-se início a cerimônia de abertura do Leilão 5G realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações, ANATEL, a maior oferta de espectro da história da corporação. Através da transmissão pela TV Brasil e Youtube foi possível acompanhar ao vivo, ontem e hoje, as propostas e, consequentemente, as empresas ganhadoras do leilão. O evento ocorreu em Brasília/DF, às 10h na sede da agência.
O leilão oferece lotes que se dividem em quatro faixas de frequência, são elas: 700 MHz (megahertz); 2,3 GHz (gigahertz); 3,5 GHz; e 26 GHz. Considerada a frequência mais importante do leilão, o primeiro lote de 3,5 GHz foi arrematado pela empresa Claro por $338 milhões de reais. As faixas funcionam como ‘’avenidas’’ que permitem exploração e prestação de serviços. Não obstante, o prazo de outorga - direito da exploração das mesmas - dá-se por 20 anos. Além disso, cada faixa tem sua devida especificidade, o que detém o interesse de diferentes empresas e seus específicos serviços.
image
© José Cruz/Agência Brasil

É realizado uma divisão dos lotes em porções nacionais e regionais, abordando a área de atuação das empresas. As empresas ganhadoras dos lotes regionais, atuarão em regiões específicas do país, enquanto as nacionais terão uma abordagem mais completa. Abaixo estão alguns dos ganhadores de ambos os lotes:

Faixa de 3,5 GHz, lotes nacionais

  • Claro
  • Vivo
  • TIM

Faixa de 3,5 GHz, lotes regionais:

  • Sercomtel, vai atuar na região Norte e no estado de SP, salvo exceções.
  • Brisanet, vai atuar nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, salvo exceções.
  • Consórcio 5G Sul, vai atuar na região Sul.
  • Cloud2U, vai atuar nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, salvo exceções.
  • Algar Telecom, vai atuar em algumas localidades em Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás e São Paulo

Faixa de 2,3 GHz, lotes regionais:

  • Claro, vai atuar na região Norte e no estado de São Paulo, salvo exceções;
  • Brisanet, vai atuar na região Nordeste.

A faixa de 3,5 GHZ em lotes nacionais teve a Claro, TIM e Vivo como ganhadoras. Seu caráter exclusivo para o 5G e alta velocidade de transmissão caracteriza-a como a faixa mais importante do leilão. Sua frequência é utilizada a nível mundial, tendo foco no varejo e indústria e, consequentemente, voltado para áreas urbanas.
image
É previsto que a oferta do 5G se inicie até julho de 2022, primeiramente nas capitais. Após implantação, a expectativa é que até 2029 a rede esteja presente em todas as cidades do país.
Quer saber mais sobre a cobertura 5G? leia aqui nosso artigo completo.