Skip to main content

As empresas se preocupam com a gestão de segurança de seus colaboradores e também de seus processo, para que tudo ocorra em conformidade com a lei e também como prevenção à acidentes de trabalho.

Porém, situações de risco podem estar vulneráveis a acontecer em empresa privada, e caso haja acidentes a responsabilidade limitada da empresa passa a ser ligada com natureza jurídica.

Por isso, trazemos algumas dicas, para aplicar na gestão de segurança privada da sua empresa e contribuir com melhorias no bem estar corporativo.

O que é gestão de segurança privada?



É como as equipes de segurança das empresas, controlam a proteção presencial das instituições. Como:

  • Liberação de entradas mediante autorização ou crachá;
  • Criação de cadastros;
  • Controle de câmeras de segurança;
  • Registros de quem entra ou sai do prédio;
  • Comunicação via rádio caso houver algo suspeito;
  • Estarem preparados para diversos acontecimentos;
  • Proteger a integridade física dos colaboradores.


Para que isso aconteça, a equipe de segurança deve ter conhecimento sobre os departamentos, o prédio, os colaboradores, passar por diversos treinamentos e principalmente um comunicador portátil que funcione via rádio.

A empresa pode contratar a segurança privada, terceirizando os serviços para uma agência de gestão. Como também pode contratar a própria equipe, para atuar  com exclusividade e também sem alterar muito os colaboradores.

Como a tecnologia pode melhorar a gestão de segurança?


A tecnologia funciona como um suporte de apoio e melhorias para todas as áreas, no caso da segurança privada o item mais utilizado para rápida comunicação, é o rádio comunicador que faz chamadas de áudio à distância.

Mas para não depender de walkie talkies e outros equipamentos de curta distância, pode utilizar a tecnologia push to talk (PTT) ou push to talk to cell (PoC), como também é chamada.

As tecnologias permitem criar chamadas individuais, sem precisar chamar todos os colaboradores o tempo todo, dá para tratar diretamente com o responsável do setor ou das atividades em questão.

Com ela, a equipe de segurança poderá:

  • Proporcionar mais proteção nas operações;
  • Criptografia de ponta a ponta;
  • Aumentar a produtividade e eficiência da equipe;
  • Geolocalização em tempo real;
  • É utilizado em smartphones corporativos;
  • Possui sistema de gravação de chamadas;
  • Tem replay para escutar novamente os áudios;
  • Recuperar chamadas, com sistema back up;
  • Com configurações personalizadas.

Todos esses benefícios do PTT a sua empresa encontra aqui na plataforma BiPTT, que atua com certificação da polícia federal, além de otimizar tempo e economizar dinheiro do seu caixa, com um software completo e que atende às suas necessidades de comunicação.

Melhore a sua gestão de segurança privada, faça já o nosso teste gratuito de 7 dias, e veja na prática tudo o que podemos fazer para a comunicação da sua empresa.

Leia também: Por que usar push to talk na comunicação em grupo?

Leave a Reply